/** PIXELS **/ /** PIXELS **/

Exposição na CLDF marca reencontro do pintor Fransoufer com Brasília

Exposição na CLDF marca reencontro do pintor Fransoufer com Brasília



Já se vão quase cinco décadas desde que o jovem pintor maranhense Francisco Sousa Ferreira – que iria se consagrar no cenário artístico como Fransoufer (pseudônimo formado a partir das iniciais do seu nome) – chegou a Brasília com o objetivo de expandir a técnica e os conhecimentos em arte. Ele estudou no Centro de Ensino Elefante Branco e, aos 17 anos de idade, participou de mostras que dariam início a uma carreira de repercussão nacional e internacional. Desde 1975, foram várias as exposições coletivas e individuais do artista, que retorna à cidade onde inaugura, nesta terça-feira (2), no Foyer do Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal, uma mostra intitulada Tributo a Brasília.



Será uma oportunidade de conhecer ou rever a obra do artista, que se notabilizou pelo trabalho de cunho figurativo, ora retratando tipos do folclore maranhense, ora personagens que remetem à vida “religiosa”, com referências a São Francisco de Assis e Santa Clara, entre outras representações com forte ligação com o meio ambiente. Suas figuras possuem olhos oblíquos, que lembram losangos, e narizes alongados, quase um traço, uma marca de sua pintura atual, na qual sobressai a ampla paleta de cores.



Por ocasião de uma de suas exposições individuais em Brasília, na galeria do antigo Hotel Nacional, em 1995, a professora Moema Alvim, da Universidade Federal do Maranhão, procurou sintetizar o trabalho de Fransoufer afirmando que o pintor, “com habilidade e simplicidade”, por meio de suas telas, “consegue pregar o seu evangelho de paz, amor e esperança”, numa linha que se aproxima dos ensinamentos franciscanos, que sempre serviram de inspiração ao artista.

Em sua cidade natal, Bequimão, ele mantém um instituto que leva seu nome, no qual funciona um ateliê e um museu a céu aberto com cerca de 200 esculturas. Para a exposição na Câmara Legislativa, Fransoufer traz do Maranhão mais de quatro dezenas de obras de temas diversos dentro de seu universo artístico, que também busca reproduzir e perpetuar aspectos da cultura nordestina.

Exposição "Tributo a Brasília"
Pinturas de Fransoufer 
Foyer do Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal
Abertura: 2 de agosto de 2022, às 14 horas
Visitação: até 31 de agosto de 2022
Horário: 9 às 19h, segunda a sexta-feira
Classificação indicativa: livre para todos os públicos.
Entrada Franca


Marco Túlio Alencar - Agência CLDF

ACDF