Nasce oficialmente o CODESE-DF
24 de março de 2017
Brasília Expofranquias 2017
28 de março de 2017

O Zona Azul deve ser colocado em prática

Para a satisfação do setor produtivo, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg autorizou o processo de implantação do projeto do Zona Azul que prevê estacionamentos rotativos na área central da cidade. Essa é uma das parcerias público-privadas prometidas pelo governo, que já autorizou o modelo de PPP para o Centro de Convenções, para a iluminação pública, para o Parque da Cidade e para a construção da rodovia TransBrasília.

Após o lançamento do edital de chamamento público para convocar empresas que possam atuar nesse modelo, o presidente da Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF), Cleber Pires comemorou. “Estamos felizes porque nosso projeto foi apresentado desde o governo Agnelo e agora, o atual governador compreendeu sua importância, tanto para o cidadão que precisa transitar em Brasília, como para o caixa público que deve aumentar em sua arrecadação de impostos gerados pelo Zona Azul”, lembrou Cleber ao informar que o déficit de vagas nos setores centrais da capital federal chega a 30 mil.

O projeto, que está sob o comando do secretário de Cidades, Marcos Dantas – que também esteve à frente da pasta de Mobilidade – pode ser implantado em outras regiões administrativas do Distrito Federal – RA’s. Para o presidente da ACDF Cleber Pires, o objetivo é oferecer opções onde há uma grande demanda e pouca oferta de estacionamento, como é o caso do Setor Comercial Sul. “Estamos trabalhando por aqui – em primeiro lugar – para que possamos nos tornar um caso de sucesso. Foi o que aconteceu quando pedimos luz e segurança na região”, afirmou.

Nossos agradecimentos ao governador Rodrigo Rollemberg e às entidades do setor produtivo: Abrasel, CDF, Fecomércio, Sindhobar e Sindvarejista, que participaram e apoiaram esse projeto. Essa é uma conquista de toda Brasília!

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *